Star Wars: Os últimos Jedi | Rian Jonhson explica propósito de cena polêmica com Kylo Ren

Aviso: O texto abaixo contém spoilers de Star Wars: Os Últimos Jedi.

Star Wars: Os Últimos Jedi já está entre nós e o público se encontra dividido entre a parcela que amou e a que odiou. Obviamente, existem também os que estão em cima do muro. Contudo, fato é que uma parcela dos fãs está criticando diversas escolhas feitas no longa.

Um dos alvos das criticas, é a cena em que o personagem Kylo Ren aparece sem camisa. Durante a cena o personagem de Adam Driver está se conectando através da força com Rey (Daisy Ridley), que reclama do fato do vilão não estar totalmente vestido. Os espectadores questionaram a necessidade da cena e apontaram a mesma como um dos pontos negativos do longa. Em defesa de sua visão criativa, o diretor Rian Johnson defende a cena e garante que ela teve um propósito.

De acordo com o diretor, o fato de terem feito as cenas utilizando recursos tradicionais do cinema, poderia deixar em aberto a dúvida se era possível que um enxergasse do outro. Então colocar Kylo sem camisa e fazer Rey reclamar do fato demonstra que era possível que ela o visse de corpo inteiro.

Nós cortamos seu lado; nós cortamos para Kylo Ren; nós cortamos para ela; e para frente e para trás. Isso era importante para estabelecer o que ela realmente estava vendo. Ela estava ouvindo sua voz ou vendo seu rosto ou apenas seus olhos? E para que [a cena sem camisa] informasse a audiência: ‘Oh, ela pode ver seu corpo'”.

Não é possível saber se a justificativa irá satisfazer aqueles incomodados, mas ao menos ela existe.

Star Wars: Os Últimos Jedi está em cartaz nos cinemas. Confira nossa crítica.

Comments

comments