Leitura Dinâmica: MdM – Mais ou menos 50

leitdinaAntes de qualquer coisa, se você não é leitor do Melhores do Mundo (ou ouvinte do podcast deles ou até um intrépido cuequinha verde da zona de comentários), definitivamente essa HQ não é para você. Nem ela, nem mesmo essa resenha, então pode parar de ler por aqui.

Se você continuou, logicamente você tem problemas. Ou porque acompanha mesmo o MdM (como eu) ou porque não acompanha e quer saber a resenha de algo que não é para você. Sim, re-afirmo, o livro é definitivamente feito para aqueles que conhecem o trabalho dos caras, que diga-se de passagem é muito bom, apesar da auto-esculhambação eterna deles.

Com um “humor” peculiar, em geral eles buscam uma escrita descompromissada e falam o que realmente pensam sobre filmes, séries e, principalmente -ou não- quadrinhos. Um estilo que me influenciou bastante quando iniciei a escrever aqui, porque diferente de alguns sites com nomes alimentícios que parecem ter saído da cloaca da galinha, acredito que é importante passar a quem te acompanha uma opinião sincera… e não com cara de comprada.

Esse “estilo livre” pode ser visto em toda a HQ, com palavrões, histórias engraçadas e muita auto-referência. Acho que esse é, justamente, o maior “problema”: se você não conhece eles, não vai achar graça de quase nada nesse “livreto”. Mas ai entra o contra-ponto: vendendo por 5 reais (que não paga nem as pedras do Catena) e com distribuição em PDF gratuitamente, eles definitivamente não estão fazendo algo para lucrar, mas sim para o pessoal que acompanha o site há mais de uma década.

header_nov_ultra

Sinceramente, acho que os “personagens” criados por eles para suas personalidades na internet são bem engraçados e, com calma, poderiam render boas histórias de humor para qualquer pessoa, mas não foi essa a intenção deles e isso deve ser levado em conta nesse primeiro volume. O que, claramente, não justifica os erros de português em alguns momentos (provavelmente revisados pelo Change) e a arte meia-boca de alguns artistas, enquanto outros fizeram um excelente trabalho -mas toda coletânea com várias pessoas sofre desse mal. E a verdade é: nem todo mundo foi lá para caçar, mas curiosamente encontrei algumas histórias interessantes mesmo, bem desenhadas, bem escritas e que poderiam funcionar para quase qualquer leitor.

No mais, se você segue o MdM, vale a leitura e a busca pelas referências e piadas internas e se você não conhece, mas leu isso tudo, tente ouvir o podcast deles, mas já aviso: eles não se preocupam se existem novos ouvintes ou não, então não espere muita explicação nas piadas que você não entende. Qualquer coisa, pergunta na zona de comentários, a galera de lá é super tranquila e ajuda muito os outros.

Nota para leitores do MdMnota4

Nota para quem não conhece: nota-

15

Comments

comments

  • Foda a resenha! Soube explanar um ponto muito interessante, sobre o não buscar lucro e tal… Parabéns, cara! E parabéns mais ainda pelo final do texto. Haha

  • ESSA RESENHA ME DIVERTE!

  • Eu fui lá perguntar onde está a graça e eles responderam educadamente que está atrás de mim. E quando eu olhei, não é que estava? Muito obrigado comentadores.

  • Anônimo

    “Qualquer coisa, pergunta na zona de comentários, a galera de lá é super tranquila e ajuda muito os outros.” Coitados hehe

  • Anderson

    Excelente resenha, Biel! Explicou muito sobre o livro, e ainda auxiliou os possíveis novos comentarista.

    • Faço o que posso para ajudar a zona de comentários.

  • Batoré do Rengáute

    Só uma palavrinha pra quem não conhece o 7º maior blog e o 1º na categoria quadrinhos de 2007: FALSOS POETAS !!!

    • os maiores falsos poetas de todos os tempos da podosfera