Esquadrão Suicida| David Ayer fala sobre a história por trás das tatuagens do Coringa

David Ayer, diretor de Esquadrão Suicida, está prestes a entrar com tudo em sua campanha promocional para o filme da equipe de vilões, que estreia em Agosto.

Até o momento, parece que o assunto mais comentado pelo diretor é o Coringa.

Apesar de não ser, tecnicamente, um membro do Esquadrão, está claro que o Coringa é um personagem chave do filme. Além de ser a inspiração para a história de origem da Arlequina, o personagem tem tido uma forte presença nos trailers e na campanha publicitária do filme como um todo.

Durante esse tempo, houve muita discussão acerca das tatuagens do personagem, detalhe que tem dividido opinões dos fãs.

As tatuagens contam uma história muito específica,” disse Ayer ao Yahoo Movies. “E eventualmente as pessoas vão decifrar e entender o que se passa, mas são polêmicas, sempre que se vê algo novo uma polêmica é criada. Existem histórias específicas e Easter Eggs naquelas tatuagens. E até em seus dentes, há uma história por trás, que é absolutamente canon. É escrever sua história em seu corpo. Este Coringa é algo mais realista, que acredito que poderia existir em nosso mundo.

As tatuagens têm sido alvo de muita especulação sobre estas “histórias” e Easter eggs”, especialmente a que os fãs acreditam tratar-se de um pássaro morto, sendo uma clara alusão à morte do Robin, cujo uniforme é mostrado em Batman Vs Superman: A Origem da Justiça.

E você, o que acha das tatuagens?

Esquadrão Suicida chega aos cinemas em Agosto.

Comments

comments