Star Wars | Diretor Rian Johnson explica a colaboração de Carrie Fisher em Os Últimos Jedi

A morte prematura de Carrie Fisher deixou um vazio em nosso mundo e em uma galáxia muito, muito distante. Uma personagem tão importante como Leia Organa é insubstituível. Rian Johnson, diretor de Star Wars: Os Últimos Jedi, falou recentemente sobre o impacto da personagem de Carrie Fisher, não apenas na saga de filmes, mas em seu próprio processo como cineasta.

Em entrevista para o Yahoo!, Rian Johnson referiu-se a Fisher como um de seus heróis. “Ela era tão consciente do lugar que Leia tinha, não apenas amplamente na cultura, mas muito especificamente em termos de meninas que cresciam assistindo Star Wars quando Leia era a única heroína feminino na tela”, comenta Johnson. “Ela realmente queria fazer exatamente por isso, levar a personagem adiante.”

Johnson também comentou sobre o quanto ele apreciou ter Fisher envolvida com a produção não só como atriz, mas como escritora. “Para mim foi fantástico, porque além de todos os outros benefícios de ter uma escritora fantástica como Carrie lá ao meu lado enquanto estamos fazendo este filme, sua voz que era como a agulha de uma bússola que sempre o puxaria de volta a direção certa de ‘isso é o que significa esse personagem e isso é o que sempre temos para nos certificar de que ela está servindo, com sua força e também com suas fraquezas’ – mostrando uma personagem plenamente realizada que vai inspirar as pessoas que cresceram com Leia. “

Star Wars: Os Últimos Jedi chega aos cinemas no dia 15 de dezembro.

Comments

comments