Review | Monster Hunter World

Desde o seu anúncio, Monster Hunter World despertou a curiosidade dos fãs. Depois de ter sua terceira e quarta geração apenas em consoles da Nintendo (ainda com ótimos jogos), o game marcaria o retorno da franquia para um público mais amplo. Desde então, tudo que era mostrado do jogo aumentava ainda mais o hype, prometendo que o game seria a aventura mais grandiosa já vista na franquia.

Agora, com o game lançado, é seguro dizer que as promessas feitas pela Capcom foram cumpridas com louvor!

O game conta a história de caçadores que desbravam o Mundo Novo e investigam a migração dos Dragões Anciões, o que ao longo do game rende uma trama intrigante e mais envolvente e divertida do que poderíamos imaginar.

Logo de início, o game traz a sua plataforma de criação de personagens, algo que deve tomar horas de muitos jogadores. Com gráficos impressionantes e infinitas possibilidades, o modo de criação é bem impressionante.

Contudo, é durante as caçadas que Monster Hunter World mostra seu inteiro potencial. Com cenários belíssimos e incrivelmente vivos, as aventuras contidas no jogo impressionam o jogador de diversas maneiras.

O jogo garante total liberdade para os jogadores decidirem como agir e executar suas missões, o que o torna ainda mais atrativo. Abordagens mais furtivas ou ostensivas podem ser tomadas pelo jogador ao longo das fases, sem que o jogo indique se esta é o ou não a abordagem indicada. Cada caçador decide a sua maneira de acordo com seu perfil.

Sem divisão por classes, o jogo também dá total liberdade na escolha das armas. Cada arma traz um perfil diferente de abordagem, tornando a escolha extremamente relevante para a campanha. Ao experimentar os 14 diferentes tipos de armas, cada jogador deve decidir a que melhor lhe convém.

Contendo áreas vastas e milhares de atividades, se localizar em Monster Hunter World pode se tornar um desafio em alguns momentos. Entretanto, este é o tipo de característica que torna o jogo ainda mais interessante. Explorar estes cenários é uma experiência incrível.

Quem estiver conhecendo a franquia neste game, pode se assustar inicialmente com a quantidade de informações e atividades do game. Os tutoriais no início são repletos de texto e informações que ajudarão os leigos a ingressarem neste universo. Contudo, o game não é tão complicado quanto pode parecer no início, tendo uma curva de aprendizado muito competente, levando o jogador a entender as mecânicas de maneira divertida e natural.

Os monstros, como já era de se esperar, são um dos pontos mais chamativos do game. Além de serem extremamente bem feitos, o jogo conta com uma variedade considerável de criaturas. A inteligência artificial impressiona bastante, mostrando como as criaturas conseguem se adaptar a diversas situações, ou até mesmo quando durante a caça de um monstro nos deparamos com um ainda maior. Momentos como este só reforçam o quão vivo é o cenário apresentado.

O combate contra as criaturas são eletrizantes. Da fase de rastreamento, até o momento do confronto o game traz uma dinâmica extremamente refinada e envolvente. A variedade das craituras garantem desafios diversos, cabendo uma estratégia para cada criatura. Sem facilitar muito para o lado do jogador, a conquista da caçada tem um gosto especial.

A atenção também do jogador deve sempre estar voltada para os itens que podem ser encontrados nos cenários e ao matar uma criatura. Apesar de sua vastidão fazer parecer que não são tão importante, quem já está habituado com a franquia sabe a importância que os drops e loots tem no game.

Com gráficos belíssimos, um cenário vivo e uma aventura emocionante, Monster Hunter World se mostra como um dos lançamentos mais marcantes do ano e que certamente ainda deve dar muito o que falar. Além da possibilidade do modo single-player, dividir a aventura com amigos torna a experiência ainda mais imersiva e divertida.

Trazendo horas e mais horas de diversão, Monster Hunter World é uma escolha acertada para fãs e novatos na franquia.

Monster Hunter World está disponível para PS4 e Xbox One. A versão para PC deve sair futuramente.

Essa review foi feita com uma cópia do game para PlayStation 4 cedida pela Capcom.

Comments

comments