Por que a audiência de The Walking Dead segue caindo

Após uma sexta temporada muito bem sucedida, mas com um final um tanto quanto controverso, The Walking Dead voltou para sua sétima temporada dando o que falar. Por conta do gancho que muitos consideraram desleal, o retorno da série era muito aguardado e o hype para a temporada que mostraria mais do cruel e sarcástico vilão Negan era objeto de expectativa de muitos fãs.

Contudo, ao longo da temporada o hype da série está em declínio, bem como a repercussão dos episódios e o apelo que a série tem no público. Isso não ocorre por falta de qualidade, a série continua boa e entregando um enredo digno, mas algumas decisões da série podem fazer com que o ritmo seja um problema para os telespectadores.

Talvez, a razão incial do descontentamento com a sétima temporada seja por conta do final da sexta temporada. É bem óbvio a escolha feita pelos produtores, de fazer um gancho “click bait” no final da temporada para ter certeza de que o máximo possível de telespectadores voltariam para assistir a série. Isso ocorreu, e o episódio de estreia da sétima temporada foi incrível. Negan ganhou seu status de vilão mais cruel apresentado na série. A sétima temporada começou abalando as estruturas logo em seu início e é aí que a coisa pode ter desandado.

Resultado de imagem para the walking dead season 7

O que vimos no início da sétima temporada, foi nada mais do que o clímax da sexta que fora cortado de maneira abrupta. Dessa maneira quebramos a estrutura da narrativa em detrimento da audiência. Com um final polêmico para uma temporada e um começo que colocaria cada episódio seguinte em perspectiva. Depois de um episódio como o primeiro, o declínio no ritmo e na emoção é evidente, e isso incomoda boa parte da audiência.

Obviamente, a série não precisa ter ação e fortes emoções o tempo todo. The Walking Dead não é uma série conhecida por ter ação desenfreada, mas sim pela construção dos personagens, pelos embates e pela desconstrução da humanidade ante um mundo pós apocalíptico. Dito isso, o problema com o ritmo da série não é por falta de ação, mas sim pela escolha da dinâmica e foco do roteiro.

Cada episódio foca em um núcleo, após o primeiro confronto com Negan, tivemos o episódio seguinte com Carol e Morgan, seguido por Daryl e assim por diante. Com isso, chegamos a ficar até três episódios sem ver algum personagem, o que pode incomodar alguns. Isso sem falar quando o episódio é focado em um personagem com pouco apelo do público, como foi o caso do episódio mais recente que foi centrado em Tara.

Resultado de imagem para the walking dead season 7

The Walking Dead não é uma série ruim. Longe disso! É apenas uma série boa que fez escolhas ruins. Talvez se ela soubesse dinamizar os seus episódios entre os núcleos (excesso de personagens nunca foi problema, Game of Thrones está aí para provar isso), as coisas poderiam melhorar. Mas fato é que roubando o final da sexta temporada em detrimento da sétima a série foi vítima do próprio golpe.

The Walking Dead está sua sétima temporada que está sendo exibida no Brasil aos domingos pelo canal pago FOX.

Comments

comments