Petição online pede que adaptação live-action de Mulan não seja interpretada só por brancos

Ano passado, a Disney surpreendeu os fãs quando anunciou seus planos para produzir uma adaptação live-action do seu clássico Mulan. O filme é um dos filmes mais amados do estúdio e por conta disso, muitos fãs estão preocupados com a adaptação – especialmente quando se trata da escolha dos atores. Segundo os fãs, há uma tendência de se substituir etnias nos filmes em favor dos brancos, o que muitas vezes podem descaracterizar os personagens. Com isso em mente, foi criada uma petição online pedindo que Mulan não faça uma “Lavagem branca” em seu elenco.

A petição, que foi criada por Natalie Molnar, cita exemplos em que as etnias japonesas foram substituídas em suas adaptações, como Avatar: The Last Airbender e Ghost in the Shell, Molnar critica o quão comum a “lavagem branca” se tornou em Hollywood.

Disney acabou de anunciar que irá desenvolver uma adaptação live-action de Mulan,” escreve Molnar. “Se imponha contra a lavagem branca em nossa mídia.” A petição já atingiu 88.000 assinaturas, enquanto sua meta era apenas 2.000.

Até o momento, não há nenhuma resposta oficial para a petição, mas os fãs tem se mostrado apoiadores da campanha. Ainda não há, tampouco, escalação para o elenco anunciada, mas o fãs já estão se fazendo ouvir que querem uma atriz asiática no papel principal.

Apesar dos casos de troca de etnias em escalações de elenco, a Disney é um dos estúdios que sempre se disse contra a lavagem branca. Recentemente, eles escalaram Auli’i’ Cravalho para fazer a voz da princesa polinesiana em Moana, junto com Dwayne Johnson. Alguns anos atrás, o estúdio contratou Ryan Potter, um ator descendente de japoneses para fazer a voz de Hiro em Big Hero Six, e na adaptação de Jungle Book a Disney escalou um elenco bem diversificado com atores como Neel Sethi, Idris Elba e Lupita Nyong’o.

Para muitos fãs, estas últimas atitudes da Disney tem sido demonstrações sólidas contra a dita lavagem branca. A decisão de escalar atores diversificados pode ser algo decisivo também para a bilheteria do filme. Atualmente, o mercado chinês é um dos mais importantes para a indústria, então Hollywood tem voltado os seus olhos para o gosto do mercado.

Caso a Disney descaracterize a adaptação de Mulan, sem usar atores asiáticos, as chances de que isso prejudique sua bilheteria na china é bem grande, o que deve se mostrar fator determinante na escolha do elenco. Quando lançada em 1998 a animação Mulan foi um sucesso mundial que angariou diversos fãs que a Disney odiaria perder.

Atualmente, não há data prevista de lançamento para Mulan, mas já sabemos que Elizabeth Martin e Lauren Hynek farão o roteiro. Chris Bender e J.C. Pink produzirão o longa. A adaptação live-action seguirá o enredo da adaptação e focará em uma garota que se disfarça de homem para se juntar ao exército no lugar de seu pai doente.

 

Comments

comments