Leitura Dinâmica: Demolidor – Fim dos Dias

leitdinaEm tempos onde todo mundo já assistiu a excelente série do Demolidor na Netflix, é inegável que a procura por matérias interessantes do personagem para consumo aumenta. Mas será que o lançamento da Panini, em dois volumes, consegue matar essa vontade de Matt Murdock?

Acho que, antes de tudo, é importante enxergar essa história afastada do universo que vimos na série, porque ela se passa muito a frente do que qualquer coisa ali. Partindo desse princípio ela é claramente uma história do Demolidor e, com um pingo de spoiler, ela é uma história do que o Demolidor deixa, em um futuro onde ele não está mais lá.

Acompanhamos a história da perspectiva do repórter Ben Urich, tentando entender a vida e a morte daquela figura a qual ele esteve atrelado em tantos momentos. O que levaria o Demolidor a descer a ladeira, quem se torna Matt sem uma identidade secreta e o que mudaria tanto a vida dele a ponto de ele matar, que seria algo absurdo para uma pessoa tão católica? Você vai encontrar todas essas respostas junto com o Ben, que busca uma matéria digna ao homem que foi Matt Murdock e que não consegue descansar sem ter certas informações -como um bom repórter investigativo. Nessa busca ele acaba encontrando diversos personagens da Marvel e você entende não só o Demônio da Cozinha do Inferno, mas também o futuro desses.

Mas se a história é competente, interessante e te prende -quando você já conhece um pouco da Marvel– por outro lado a forma narrativa e a arte falha em alguns momentos. Um pouco mais suja do que deveria e com erros simples (em um momento uma personagem que só deveria ler lábios, consegue entender o que alguém de costas para ela fala), isso acaba atrapalhando um pouco o entendimento em alguns pontos, mas também nada que diminua tanto a vontade de chegar ao final desse mistério. Outro ponto que deveria ser levado em conta é a falta de quebra entre a história de Fim dos Dias e as duas histórias extras que existem no final de cada volume. Como você não sabe que acabou uma coisa e começou outra, isso pode gerar alguma confusão no fato de serem histórias separadas -mas essas duas extras são boas, diga-se de passagem.

Com valor de R$ 18,90 em cada edição, capa cartonada e boa impressão, a história vale como uma boa leitura para quem já gosta do personagem, mas por mostrar um “final” para o Demolidor, não se encaixa com um público que não tenha carinho por ele ainda, apesar de o Ben Urich se sustentar muito bem como personagem principal.

Compre essas e outras publicações do Demolidor pela Panini!

Nota: nota3e5

demolidor

Comments

comments