Leitura Dinâmica: A Entediante Vida de Morte Crens

leitdinaComo eu já falei mil vezes, voltei do FIQ com muito material para ler, inclusive muita coisa que eu nunca tinha ouvido falar, como essa história sobre a Morte. E até que me surpreendi com o que li.

A Entediante Vida de Morte Crens é, em primeiro lugar, um blog de webtirinhas produzido pelo jovem e talentoso gaúcho Gustavo Borges, que desenha muito bem, com um traço cartunesco e agradável.

E esse é justamente o primeiro ponto positivo de Crens. Esse (sim, a Morte é macho aqui) Morte é desenhado de uma maneira que chega quase a ser fofa. As cores também estão de parabéns, não só do personagem principal como dos cenários e outros personagens a sua volta. É inegável o talento do Gustavo nesse sentido.

Outro ponto positivo é o humor. Falar sobre o lado desconhecido do pós-vida sempre é algo que pode ficar pesado, mas o jovem autor consegue lidar com isso de maneira boa, transformando muitas vezes em humor situações que poderiam ser bem chatas. Ou simplesmente indo direto para o humor mesmo -o que não é nem um pouco ruim.

Sem título

Em alguns momentos ele também usa o Morte como canal para reflexões sobre a Vida e a cultura humana e, ao menos para mim, esses momentos deixaram um pouco a desejar, por trazer reflexões um pouco rasas demais -mas provavelmente senti isso porque eu já li muito material de quadrinhos que beira o “reflexivo” e utiliza de humor para tal, como Peanuts, Calvin e Mafalda, então eu acabo nivelando por cima quando eu leio.

Outro ponto que ele precisa melhorar para uma próxima publicação é a sequência lógica da HQ. Tem coisas que parecem ser de uma mesma história, mas estão sem uma continuidade clara, ou separadas por outras “tirinhas-simples” (aquelas, sem continuidade). Então acho que ele precisa decidir entre publicar uma história sequencial, micro-histórias ou tiras soltas, porque isso me desanimou um pouco durante a leitura. Coisas que eu queria saber mais, acabei não sabendo, mas sem ter nenhuma certeza se elas vão continuar em outra publicação ou não.

No mais, recomendo a leitura no site dele e até a compra do livrinho, porque esse garoto ainda tem muito a crescer e se quiser pode chegar muito longe, porque bom traço e boas ideias ele tem e eu realmente gostei muito do personagem e da forma como ele trabalha-o. Só precisa lapidar alguns pontos.

Nota: nota3e5

ku-xlarge

Comments

comments