Legião e The Gifted não estão no mesmo universo dos filmes dos X-men

Ao longo dos filmes X-Men e Wolverine, a Fox fez um trabalho, no mínimo, razoável ao manter uma sensação de continuidade em suas franquias – eles até corrigiram alguns erros com Dias de um Futuro Esquecido.

Contudo, Deadpool e Logan colocaram novos pontos de interesse a essa continuidade. Agora, seus programas de TV com base em X-Men, Legião e The Gifted, estão levantando novas questões sobre o status do universo compartilhado.

A produtora da franquia dos X-Men, Lauren Shuler Donner, falou com a ComicBook.com durante a San Diego Comic-Con e revelou que as séries, especificamente Legion, estão de fato em um universo separado dos filmes que foram lançados até então.

Legião é uma parte do universo X-Men, mas obviamente estamos no nosso próprio ‘Plano Astral’, no nosso próprio mundo“, disse Shuler Donner. Ela ainda esclareceu durante o painel de The Gifted, mais tarde, quando perguntada por um fã se os dois shows fossem parte de um universo compartilhado: Desculpe-me quebrar seu coração. Não está, mas obrigado por querer isso“.


Enquanto os próprios filmes X-Men tentaram alguma aparência de continuidade, parece que as regras mudaram quando se trata dos spinoffs. Os fãs estavam questionando o quanto a Legião ligaria ao universo X-Men, especialmente quando os episódios finais fizeram fortes alusões ao pai de David Haller, professor Xavier. O show ainda ofereceu um vislumbre de sua icônica cadeira de rodas.

No episódio piloto de The Gifted, um personagem ainda faz menção aos X-Men e à Irmandade de Mutantes, insinuando que ninguém sabe o que aconteceu com nenhuma das facções. Mas Legião, e potencialmente The Gifted, funcionariam melhor se não estivessem atadas aos eventos dos filmes anteriores – como Deadpool e Logan. Embora isso possa incomodar uma pequena fração de fãs, há muito mais liberdade quando os criadores podem contar a história que eles quiserem.

Comments

comments