Game of Thrones | Quem foi Jenny de Pedravelhas, citada no último episódio, e uma possível alteração feita na série

“O Príncipe das Libélulas amou tanto Jenny de Pedravelhas que deixou de lado uma coroa, e Westeros pagou o dote com cadáveres.” (A Dança dos Dragões)

Uma das coisas mais fascinante em Game of Thrones e n’As Crônicas de Gelo e Fogo é a extensão de seu universo e o seu riquíssimo background. Tudo neste universo tem um histórico, um precedente ou uma lenda, coisas que tornam este mundo muito mais vivo do que uma tela de TV ou páginas de um livro pode permitir. Deste modo, a série constantemente insere pequenas referências para atiçar os fãs mais ávidos, ainda que estes detalhes passem despercebidos para o público que não mergulha tanto neste universo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Um destes detalhes foi a citação de Jenny de Pedravelhas em Eastwatch, quinto episódio da sétima temporada, durante o conselho dos arquimeistres. Para a história da série, esta foi apenas uma citação que em nada mudará na trama. Contudo, para alguns fãs foi um referência interessante à Egg, famoso pelos contos da dupla Dunk & Egg, e sua família.

Após tornar-se Rei, Egg, agora conhecido como Aegon V, o improvável, teve três filhos: Duncan (Nome dado em homenagem ao seu companheiro de aventuras, Sor Duncan, o Alto), Jaehaerys e Daeron. E, em uma tentativa de acabar com o costume Targaryen de se casar entre irmãos, o rei Aegon prometeu os seus filhos para casar-se com senhoras de outras casas. No entanto, nenhum dos casamentos arranjados fora concretizado.

Duncan, o primogênito de Aegon e herdeiro do trono,  também conhecido como Duncan, o Pequeno ou Príncipe das Libélulas, fora prometido para casar-se com uma filha de Lyonel Baratheon de Ponta Tempestade. Contudo, em uma de suas viagens, o príncipe conheceu uma misteriosa garota nas terras fluviais que chamava a si mesma de Jenny de Pedravelhas. A garota morava entre ruínas quase desertas e se dizia descender de reis dos Primeiros Homens (na série falam dos Filhos da Floresta), o que fazia com que o povo das vilas ao redor zombasse dessas histórias, insistindo que ela seria apenas uma camponesa meio maluca, e talvez até uma bruxa.

Ao se apaixonar por Jenny, Duncan se casou com a garota, o que deixou seu pai muito descontente. Diversas foram as tentativas de cancelar o casamento entre os dois, chegando ao ponto de fazer com Duncan escolhesse entre seu casamento e seu direito ao trono de ferro, o que o fez renunciar o seu direito na linha de sucessão e abdicar do título de Príncipe de Pedra do Dragão.

Por conta do descumprimento de Duncan, Lyonel Baratheon entrou em rebelião contra o reino, que só chegou ao fim após ser derrotado por Sor Duncan, o Alto em combate singular. Assim, o Rei Aegon deu sua palavra de que sua filha caçula se casaria com o herdeiro de Lyonel.

Após os conflitos, Jenny de Pedravelhas fora aceita na corte, e por todos os Sete Reinos o povo tinha um carinho especial por ela. Durante o seu tempo na corte, Jenny era acompanhada por uma anã, uma mulher albina que tinha a reputação de ser uma bruxa no bosque das terras fluviais. Jenny afirmava que a anã era uma filha da floresta. Indícios mostram que esta pode ter sido a bruxa que falou que o Príncipe Prometido viria da linhagem entre Aerys e Rhaella Targaryen, filhos de Jaehaerys Targaryen, filho e sucessor de Aegon o V.

Na série, a citação afirma que Jenny se dizia uma descendente dos Filhos da Floresta, o que não condiz com o que está nos livros. Por se tratar de um mínimo detalhe, pode não importar tanto. É possível que isso tenha sido feito para juntar a menção à Jenny e à anã em uma só fala no roteiro.

O príncipe Duncan morreu durante a Tragédia de Solarestival, onde também pereceram o Rei Aegon V e seu fiel amigo Sor Duncan, o Alto. Jenny de Pedravelhas também estava no acidente, conforme dito por Sor Barristan Selmy em A Dança dos Dragões, quinto livro da saga. Inclusive, existem teorias de que ela possa estar envolvida no que ocasionou a tragédia (algo que podemos falar posteriormente).

A canção “Jenny de Pedravelhas com as flores nos cabelos”, citada nos livros, fora composta em homenagem à esposa do príncipe das libélulas.

Game of Thrones está sendo exibida aos domingos no canal pago HBO.

Comments

comments