Fundador do Studio Ghibli confrontou Harvey Weinstein antes do escândalo

Antes do escândalo explodir, Harvey Weinstein era bastante conhecido por re-editar filmes da forma que ele queria, conquistando o apelido de Harvey Mãos de Tesoura.

Porém, quando Harvey estava gerenciando o lançamento do filme Princesa Mononoke nos Estados Unidos, o Studio Ghibli decidiu que não seria prejudicado pelas decisões do empresário. O famoso estúdio japonês chegou a enviar uma espada samurai para Harvey com uma mensagem ameaçadora: “Sem cortes”.

Um dos co-fundadores do estúdio e principal diretor, Hayao Myazaki, falou sobre o episódio em uma entrevista com o The Guardian. Naquela época, a Disney detinha os direitos de exibição do filme Princesa Mononoke nos Estados Unidos. Naquele período, Harvey era chefe da Miramax Films, uma empresa subsidiária da Disney que estava gerenciando o lançamento do filme.

Hayo afirmou que o seu produtor, na época Toshio Suzuki, enviou a espada. Ele ainda acrescentou que foi até Nova York para conhecer Harvey e que foi bombardeado com agressividade e por demandas de cortes na obra.

Eu o derrotei,” disse Myazaki.

 

 

Comments

comments