Daisy Ridley rebate críticas que alegam que Rey é uma Mary Sue

Rey foi uma personagem incrível em Star Wars: O Despertar da Força, e parece que sua importância só aumentará nos próximos filmes. Entretanto, algumas pessoas parecem não ter gostado tanto da personagem, alegando que ela seja uma espécie do estereótipo da “Mary Sue” (Personagem feminina que é surrealmente perfeita e sempre salva o dia).

Agora, Daisy Ridley rebateu as críticas. Em conversa com o MTV News Podcast (via EW), Ridley disse ter ficado confusa com essas críticas, e que, obviamente, ela não concorda.

“A ideia toda da Mary Sue em si é totalmente sexista por ser o nome de uma mulher. Todos diziam que Luke tinha as mesmas habilidades. Eu acho a Rey um personagem extremamente vulnerável, e na da que ela faz é pelo bem maior. Ela só está fazendo o que acredita ser o certo. E ela não quer fazer aquilo tudo, mas sente que deve fazer. Então essas críticas me deixaram confusa.”

Apesar de realmente ser mostrada como uma personagem cheia de potencial, é fato que há em Rey uma vulnerabilidade e que ela não é uma personagem perfeita. Claro, muitos podem argumentar a inconsistência dela derrotar Kylo Ren no final do Despertar da Força, mas podemos aceitar que no fim das contas o duelo tenha se tratado mais em um confronto de afinidade e equilíbrio na força.

É provável que no Episódio VIII, eles aproveitem mais os defeitos e as fraquezas de Rey na trama.

Star Wars: EPisódio VIII chega aos cinemas em Dezembro de 2017.

Comments

comments