Crítica | Projeto Flórida

Brutal, polêmico e inesquecível. Essas três palavras descrevem perfeitamente Projeto Flórida (Project Florida), o novo filme do diretor Sean Baker (Tangerine).

O enredo gira em torno do Castelo Mágico (Magic Castle), um motel de baixo custo localizado nas sombras do Walt Disney World da Flórida.

Apesar do nome carismático, não existe nada de mágico no motel. Os residentes da construção vivem uma realidade difícil e caótica.

Para tecer a sua crítica social, Sean escolheu como protagonista a brilhante Brooklyn Prince que vive Moonee, uma garotinha que causa inúmeros problemas para Bobby (Willem Dafoe) resolver. Por falar em Willem, o ator entrega uma das maiores interpretações de sua carreira e se torna um forte candidato ao Oscar.

Sob a ótica de Moonee, representando a inocência presente na infância, conhecemos os problemas ocasionados por famílias disfuncionais e pela desigualdade social. Muitas vezes a personagem não compreende as dificuldades a sua volta, vivendo a vida de maneira otimista.

A atriz Bria Vinaite brilha como Halley, a problemática mãe de Moonee. Mesmo com os obstáculos e a falta de perspectiva, Halley não desiste da filha e nem de si, levando a vida como pode. Bria consegue transmitir bem a dualidade que cerca a personagem, seja pela sua parcela de culpa por viver de forma “miserável” ou pelo cuidado que Halley tem com a filha.

Outro personagem de destaque é Bobby, o “prefeito” do motel. Bobby é encarregado de resolver todos os problemas do Castelo Mágico. Ele acaba criando um vínculo com os moradores do motel, especialmente com Halley, a residente mais problemática. A medida que resolve os inúmeros problemas gerados por Moonee e Halley, Willem acaba criando uma relação paternal com as duas personagens.

O estilo narrativo desestruturado utilizado por Sean Baker pode não ser comum, mas funciona bem no filme. O desenvolvimento dos personagens é feito através cenas amplas que enaltecem as qualidades e os traumas vividos pelos residentes.

Com uma crítica social bem construída, personagens únicos e um dos melhores encerramentos da história do cinema, Projeto Flórida é um filme inesquecível e inquietante.

Comments

comments